Translate

25 março 2015

Legiao somos nos

Hoje resolvi espairar. Depois de meses de ansiedade, medo e angustia, finalmente uma luz no tunel (nao exatamente no fim). Apesar de ainda faltar uma semana para tudo se concretizar, senti que precisava respirar. Resolvi ver um filme e meu eleito foi "Somos tao jovens". 



Um filme massa que conta a historia da criacao da banda Legiao Urbana e um pouquinho da vida do Renato Russo. Foi um mergulho delicioso no passado nao muito distante de minha adolescencia. Me vi em flashes ouvindo as musicas no radio, tentando gravar em fitas pra ouvir infinitas vezes aquelas letras que representavam tanto meu sentimento de insatisfacao com a tal geracao coca-cola e tantas outras questoes... E de repente me dei conta do quao atuais sao as musicas. Se Renato estivesse vivo hoje, escreveria as mesmas letras. Estranho e ruim perceber que depois de tanta agua embaixo da ponte, nao saimos do lugar.

O filme acabou. Confesso que gostaria de mais 4h daquela historia que se mistura tanto com a minha... Musicas, relacoes, sentimentos... Lembrancas.

Renato foi um icone para a minha geracao. Lembrei agora de como ele chorou quando soube da morte de Lennon, um outro monstro da musica pra mim. Um idolo lamentando a perda de seu idolo, que tambem e' meu.

De volta a rotina, mas ainda com o saudosismo no sangue, fechei minha noite assistindo o Tributo a Legiao Urbana gravado pela MTV em 2012 com o ator Wagner Moura, Marcelo Bonfa e Dado. Um show muito lindo com as melhores musicas da banda e o Wagner DE-LI-RAN-DO. Adoro o Wagner e todos os trabalhos que ele ja fez. Mas hoje ele foi como um de nos, fans do Legiao. Wagner, hoje voce me representa! Porque como o proprio Renato dizia: a Legiao somos nos!










17 outubro 2014

laziness

Ta difícil engatar a primeira e voltar a escrever no blog... Uma mistura de cansaço, com preguiça, com falta de assunto, com calor infernal, coisa e tal... Ja ate pensei em cancelar o blog, mas ainda nao tive coragem.




09 julho 2014

20 maio 2014

Ainda sobre positividade...

"Circunstâncias são como objetos. Elas não são vivas, você é que dá vida a elas. O positivo é mais poderoso do que o negativo. O positivo é inato. O negativo indica que algo está faltando. Luz existe e sua ausência é a escuridão. Nunca esqueça que você pode decidir que atitude tomar. Você tem um imenso potencial positivo a ser descoberto. Esses pensamentos lhe ajudarão a enfrentar qualquer circunstância com uma perspectiva diferente.
Enrique Simó, The Gift of Peace, Brahma Kumaris Information Services, London, 2002

18 maio 2014

Mais do mesmo...

Ainda sobre positividade...


Fonte: Instagram

Positividade!

Eu sou irremediavelmente uma pessoa positiva. Talvez uma mistura de fe, romantismo... E assim escrevi algumas metas, como a 91 - Deixar um bilhete com uma mensagem de positividade dentro de um livro de biblioteca e no espelho de um banheiro de um espaço publico. Isto porque, por varias vezes, ja me surpreendi com mensagens de positividade certeiras em dias de dificuldade.

Custei a tomar coragem pra realizar esta meta. Acho que estava com vergonha de alguem ver e vir me questionar... Sei la! Entao, todo dia que eu chegava pra dar aula eu passava no banheiro da faculdade, na esperança de um dia me encontrar sozinha e "livre" pra deixar meu bilhetinho. E isto finalmente aconteceu num sábado a tarde no Barreiro. Escrevi rapidinho num post-it, abençoei meu recadinho (pra que ele fosse visto por uma pessoa que realmente precisasse de uma injeçãozinha de animo) e deixei la colado no espelho! 




Sai como se nada tivesse acontecido e fui dar minha aula feliz da vida com a sensação de ter feito uma pequena travessura! rsrsrs. Ok, ok... Se precisar de alguém boba e "a toa" pra inventar estas coisas, talvez eu nao sirva por ser demais! rs. Tudo bem. Nao ligo pros julgamentos MESMO! (e se ligasse, nao me exporia aqui desta forma)

Depois deste dia, demorou ate eu ter a oportunidade de cumprir a segunda parte da meta (bilhetinho num livro da biblioteca). E foi realizando a meta 34 (Sarinha na biblioteca), que consegui terminar de cumprir a meta 91! Devolvi o livro com o bilhetinho e sai correndo, antes que o moco que recebeu pudesse falar qualquer coisa. rsrs




Eu queria ter escrito mensagens mais elaboradas e criativas, mas nao consegui ser rapida e inteligente ao mesmo. rsrs. Vou tentar me aprimorar...

Biblioteca e as metas 34, 91 e 96

Falando em biblioteca, ha alguns dias fui com Sarinha a biblioteca da PUC. Ela adora livros! Adora historias! Adora ouvi-las e conta-las! Por isto, ela era doida pra conhecer uma biblioteca. Tive o prazer de ser a pessoa que a levou pela primeira vez!

Ela estava super animada! Fizemos um videozinho pra mostrar pra família, mas ficou tao bonitinho, que achei que valeria a pena postar aqui!

video

Ficamos la algumas horas... A PUC tem poucos livros infantis. Eles ficam logo no primeiro andar a direita. Logo que descobrimos a estante, ela sentou no chão e ficou folheando ate finalmente escolher 2. 



Depois fomos pra uma solzinho (tava um friozinho...) porque ela queria começar a "ler" naquela hora mesmo! 



Depois demos umas voltinhas nos outros andares pra ela conhecer e fomos embora contar pra vovó a nossa experiência!



Ja do lado de fora, tentamos fazer um outro videozinho contando a experiência pra mandar pro titio, mas uma fonte de agua de repente foi muito mais atrativa que a camera... rsrsrs

video


video

Ela levou os livros pra casa pra mamãe ler com ela antes de dormir e viajou em seguida, deixando pra tia Tati devolver sozinha os livros na biblioteca, concluindo assim (parcialmente e finalmente) a meta  34 (Levar a Sara em uma biblioteca, pegar com ela um livro emprestado e leva-la para que ela mesma possa devolve-lo sozinha depois que “ler”).

Aproveitei minha ida com ela a biblioteca para terminar de cumprir tambem a meta 91 (Deixar um bilhete com uma mensagem de positividade dentro de um livro de biblioteca e no espelho de um banheiro de um espaço publico), que merece um post especifico.

E como desta vez resolvi postar os videos, concluo também a meta 96 (Gravar um video pro blog). Tenho varios videozinhos gravados no celular, mas nenhum suficientemente interessante pra postar. Nada melhor que a alegria e espontaneidade da florzinha pra me ajudar nesta "empreitada"... rsrs 

Tintas e pinceis!

E nao eh que o blog tem funcionado bem?! Logo depois que escrevi sobre a biblioteca comunitaria (neste post aqui) e o lindo trabalho que Tia Lucinha faz, recebemos otimas doações! 

De cara, recebi uma ligação da amiga de uma amiga doando um fogao NOVINHO! Eu e Li demos um jeito e fomos la correndo buscar! Sabendo da noticia, Tia Lucinha logo providenciou um carreto e veio pessoalmente (e alegremente!) busca-lo para levar para Japão Grande.

Dias depois, sensibilizadas pela minha maezinha (e pelo blog, claro), suas amigas se reuniram e mandaram vaaaarios pincéis e tintas! Fiquei tao feliz e emocionada, que nao tinha como nao agradecer: "Queridas lindonas da aula de pintura, nosso muuuuito obrigada pelo carinho em escolher estes pincéis e tintas para nos mandar! Adoramos!" 






12 maio 2014

07 maio 2014

Perdidamente apaixonada...

... por esta marca alemã de papeis de parede:

www.papeldeparededosanos70.com

ai, ai... (suspiros)

02 maio 2014

Bemvindo Maio!

Em homenagem ao mes das Maes, uma dica musical de um cantor que eu adoro: Ben Harper!

Em parceria com sua mae, a tambem musicista Helen Harper, ele gravou um disco folk chamado Childhood Home, com 10 canções acústicas, das quais 6 são de sua autoria e 4 de Ellen.

Dê o play e confira o resultado!

Ação e Reação

"Não podemos determinar exatamente o que irá acontecer amanhã ou depois, mas podemos colocar em movimento uma energia positiva com a esperança de que ela voltará para nós. Quando alguém joga uma pedra no meio de um lago, as ondas formadas irradiam até a borda e depois voltam em contracorrente até o centro. Da mesma forma, a benção que emitimos para o mundo voltará para nós. Projetamos nossa virtude ao desconhecido, como uma oração que alça voo em direção ao divino e traz a recompensa, em algum momento, para aquele que rezou."
BK Meera, Self-discovery, The World Renewal
Mensagem recebida através do site Brahma Kumaris.

24 abril 2014

O que te define?

Uma mulher de 25 anos com uma sindrome rarissima e milhões de motivos para desistir da vida e se acomodar. Um exemplo de motivacao, forca e coragem. Ou, sendo curta e grossa: um tapa na cara pra gente acordar pra vida abencoada que temos!

Ainda sobre o cha de gengibre...

E se nao for destes que tem paciencia de fazer as coisas em casa ou se simplesmente nao tem os ingredientes a mao...


CHAS LONDON, eu indico! Obvio que nao eh a mesma coisa do outro, mas na falta, eu diria que substituem bem.

23 abril 2014

Dor de garganta

Desde que comecei a dar aulas, tenho sentido bastante incomodo na garganta. Um dia sinto arranhar, outro dia sinto uma dorzinha leve, outro dia, rouquidão. 

Adepta que sou das medicações naturais, passei a tomar quase diariamente cha de gengibre com limão. Como amo cha e adoro todos os ingredientes, tomo com uma boca tao boa que acabo sempre atraindo novos adeptos. Hoje ate a Florzinha quis provar! Mas acho que exagerei na concentração e ele acabou ficando forte demais. Nem minha mae conseguiu tomar. rsrs. Mas eh assim mesmo que eu gosto: que desça "queimando" a garganta! rsrs

CHA DE GENGIBRE COM LIMAO E MEL

Ingredientes:
- Gengibre 
Limão
- Mel

Modo de Preparo:
- Coloque a agua para ferver;
- Pique o gengibre em rodelinhas ou quadradinhos (pode ser com casca mesmo);
- Quando a agua estiver fervendo, coloque os pedaços de gengibre e deixe ferver por uns 3 minutos;
- Desligue o fogo e deixe a mistura abafada por mais uns 10 minutos;
- Esprema o limão na xícara, coloque mel a gosto e, por cima, o cha de gengibre.

As quantidades, dependem do gosto de cada um. Eu gosto de toma-lo bem forte. Entao coloco quase 1 gengibre medio inteiro e mais meio limão para uma xícara de cha grande. Nao costumo adoçar com nada, mas com um pouquinho de mel costuma ficar bem interessante.






20 abril 2014

Meta 88 - Clinica/Biblioteca Comunitaria

Eu tenho muita facilidade em conseguir doações. Nao sei explicar exatamente porque. E por sorte, (talvez por isto) tenho também muita facilidade em destinar as doações. Um dos principais destinos das doações que recebo atualmente, eh uma clinica/biblioteca localizada em Japao Grande, povoado de Carmopolis, sul de Minas. 

A responsável pelo projeto e por todas atividades realizadas la eh a mae de uma amiga de infancia. Primeiro ela organizou a casinha que tinha em um terreno bem na entrada do povoado para que pudesse atender como psicologa, area de sua formação (alem da pedagogia). Aos poucos, num trabalho de formiguinha e muita dedicacao, alem do atendimento terapeutico, ela criou uma mini biblioteca com as doacoes de livros que recebe. A biblioteca, frequentada diariamente por adultos, adolescentes e, principalmente, crianças, possui um mini acervo que contempla enciclopedias, livros didáticos, de historia (coleção vagalume!!!), religiosos, auto-ajuda... 

Ha alguns anos eu mando doações pra la, mas ainda nao conhecia pessoalmente. Este fim de semana minha amiga me convidou para ir pra la, reencontrar sua mae, a quem eu nao via ha uns 20 anos e, finalmente, conhecer a clinica/biblioteca. Foi um passeio delicioso!

A casa eh amarela com as portas e janelas brancas e molduras azuis. Fica num terreno gramado, ensolarado e com abacateiro no quintal! 


Sao 4 quartos, 1 salinha, 2 banheiros e uma futura cozinha. A entrada eh pela salinha, onde ela pretende fazer uma sala de espera para os acompanhantes de seus pacientes. Nela, ela quer futuramente colocar uns sofazinhos (que ela ja tem, mas precisam de reforma) e um revisteiro para expor rotativamente os livros da bilbioteca.

No primeiro quarto a direita, estao varias sacolas com brinquedos doados, onde ela pretende fazer uma sala de ludoterapia para atendimento terapeutico. 


Na segunda sala tambem a direita, eh onde ela atende atualmente. Ali encontramos vaaarios quadros pintados por seus pacientes. Enquanto eles pintam, ela vai entrando delicadamente em suas intimidades e tratando as feridinhas mais profundas de cada um. 




Entre as 2 salas, um banheirinho super limpinho. Na primeira sala a esquerda, eh a bibliotecazinha que alem de todos os livros, estantes, tem tambem uma cadeira de leitura onde os meninos se amontoam para folhear os livros escolhidos do dia.


Na segunda sala a esquerda, ha varias sacolas de roupas ja devidamente categorizadas para serem expostas e vendidas em um futuro bazar para a comunidade. 


Mais a frente, a futura cozinha e outro banheiro. A cozinha so tem 2 filtros de barro. Ainda precisa de todo tipo de eletrodomesticos. Se alguem tiver alguma coisa pra doar, de talheres a geladeira, serao sempre muito bemvindos!


A casa infelizmente esta sendo rapidamente invadida por cupins e carunchos, o que tem comprometido cada vez mais suas atividades. Uma empresa de detetizacao da região ja foi contactada, mas ainda nao tem previsão de quando poderão atender.

Em geral, todo tipo de doação eh muito bemvinda. Mas a seguinte listinha contempla os itens que facilitariam as atividades realizadas la atualmente:

- a detetizacao (urgente!);
- material e mao de obra para substituição da palhinha do teto de alguns cômodos (que esta se deteriorando, atraindo bichinhos e sujando muito a casa como um todo);
- voluntarios para ajudar a organizar os livros na bilbioteca;
- tecido e mao de obra para reformar os sofazinhos da futura sala de espera;
- tintas, pincéis, telas ou materiais de pintura de todo tipo;
- brinquedos, roupas, livros;
- qualquer coisa de cozinha, desde talheres, copos e xícaras ate eletrodomésticos (de cafeteira a geladeira);
- voluntarios para qualquer tipo de atividade, principalmente os dispostos a atender crianças com aulas de musica, dança, produção de artesanato (que possa ser revertido em renda para eles);
- ou o que mais voce tiver, puder, quiser ou seu coração mandar! 

O melhor de tudo, alem do fim de semana delicioso com pessoas tao queridas, foi poder "ticar" mais uma de minhas metas! Com muita alegria, META 88 CONCLUIDA!

Fim do FIM

Adoro Fernanda Torres! A-DO-RO! E obviamente nao poderia deixar de ler o primeiro livro escrito por ela. Ganhei de aniversario, li e adorei! 



Em entrevista no Jo, ela disse que nao eh biografico, mas eh facilmente perceptível a influencia do ambiente boêmio e artistico em que cresceu e viveu sua infancia no Rio de Janeiro dos anos 70, filha de grandes atores de teatro, cinema e novela.

O livro fala basicamente da historia de 4 amigos e suas esposas (e amantes). Se chama FIM porque começa do final pro começo, contando a vida de cada amigo a partir de suas mortes. O mais legal eh que conta a mesma historia sob a ótica de cada um deles. Por isto, as vezes fica ate meio confuso (olha ai o resuminho que tive que fazer pra nao me perder na historia. rsrs)


04 abril 2014

Consumo colaborativo

Ja ouvi que sou maluca, e/ou que sou proveniente de outro planeta. O engraçado eh nao conseguir entender porque. Mais do que mania, considero tudo como uma escolha de vida. E nao vejo como (e nem porque) ser diferente. Pra mim eh tao obvio e tao natural, que quando alguém demonstra admiração ou chega ate mesmo a me questionar, fico sem resposta. Sem reação. Admirada (tanto quanto a pessoa).

"Esta sua mania de "coletivizar"..." 
"Voce parece uma lixeira, sai catando lixo na rua, em topa-tudo..."
"Pra que este absurdo de aproveitar ate o saquinho do pao de forma?!"
"Sua casa vai virar uma pensao!"
E tantos outros...

O que chamo de escolhas, soa estranho para a maioria das pessoas com quem convivo, mas pra mim eh obvio, assim como dizer que melhor que termos carro, seria a possibilidade de nos deslocarmos segura, pratica e rapidamente utilizando somente transporte publico. Sabe quando uma coisa eh tao obvia e natural que voce nao consegue nem argumentar? Tipo quando alguem te pergunta porque bossa nova eh bom? Sao perguntas sem respostas, em funcao simplesmente de sua obviedade (existe esta palavra? rsrs).

Se eu compro antepasto de abobrinha no Verde Mar, como toda a abobrinha e sobra o azeite, vou joga-lo fora? OBVIO que nao. Vou usa-lo para temperar salada amanha. E a vasilhinha de plastico, vou jogar fora? OBVIO que nao. Vou usa-la pra guardar o restinho da salada que sobrou. Assim nao preciso comprar tapeware. Afinal, a vasilhinha do antepasto comprado no Verde Mar, eh exatamente a mesma coisa que a tapeware, certo?






Tenho muita roupa no meu armario. Nao uso nem metade de tudo que eu tenho. Vou ficar acumulando coisas? Obvio que nao. De tempos em tempos (com um intervalo cada vez menor) separo o que nao usei nos últimos meses e levo pra doação. Primeiro, bazar com as amigas. Se alguém quiser alguma coisa, leva! E elas levam as delas tambem e eu pego o que eu gostar muito. Ate mesmo porque, se voce se arrepender, fica mais facil pegar de volta ou devolver. rsrs. E o que ninguem quiser? Vai pro bazar de instituições que faturam uma rendinha com a venda de pecas doadas como as nossas. 

Comprei um apartamento que eh muito pequeno para os meus moveis antigos. O que fazer? Primeiro emprestei algumas coisas para uns amigos que também tinham se mudado mas nao tinham nada ainda. Depois anunciei tudo em sites de venda de coisas usadas. E a maioria vendi para os meus proprios amigos. O que eh mais gostoso!

Me mudei pro apartamento e o sol esturricante que bate na minha sala a tarde estava acabando com o sofa. Vou mandar fazer cortinas novas? Pra que se uma amiga esta de mudança e nao vai usar mais as cortinas do apartamento antigo? Comprei as cortinas da minha amiga, mandei lavar, cortar e adaptar o trilho para o espaço que eu tinha. Ficaram perfeitas! E ainda lembro da minha amiga toda vez que vou tampar o sol da tarde no sofa!

E as luminarias? Meu sonho era ter pendentes em casa. Eis que minha amiga decide ir morar na Alemanha e precisa se desfazer de praticamente tudo em seu apartamento. Tcharan! Minhas tao sonhadas luminarias, com direito a lembrar da amiga toda vez que olho pra elas!





Meu apartamento tem 2 quartos. Um fica vazio 90% do tempo. Por que nao receber pessoas de passagem por BH? Voce vai alugar para estranhos? Sim! Assim como dou aula para estranhos ate 23h sozinha em Contagem, vivo ao lado de pessoas estranhas (conheço praticamente 4 vizinhos num predio com 20 apartamentos), durmo em um quarto com mais 8 pessoas estranhas (como ja fiquei tantas vezes em albergues), viajo pro outro lado do mundo sozinha e durmo 3 dias no meio da selva no norte da Tailandia com uma chilena que nunca vi na vida e um "guia" que so fala o dialeto do povo dele...

"Voce nao tem medo?" Hoje a resposta eh simples: Nao, nao tenho medo. Sempre sonhei para minha aposentadoria, ter uma pousada rustica e simples onde eu pudesse receber pessoas do mundo todo. Mineiro tem isto no sangue, gente! Passei anos pensando em possibilidades e pesquisando. Ate que ha 3 anos conheci o airbnb. Descobri o site e passei 3 anos analisando e acompanhando como eh feito o trabalho ao redor do mundo todo, reclamacoes, cuidados com seguranca, conforto e bem estar. Conversei com varios anfitrioes aqui de BH. Alguns amigos ficaram hospedados em quartos alugados através do site por indicação minha. E SEMPRE correu tudo bem. Por isto posso dizer que, ao inves do medo, hoje o que sinto eh curiosidade, empolgacao, alegria e sobretudo: FE.

Fe, porque converso o dia inteiro com Deus. Ele sabe meus propósitos. Sabe como levo a minha vida (interna e externamente). Sabe o que busco e o que estou disposta a fazer para alcançar. Confio que minha vida nao vai acabar assim tao despropositalmente. Ou se acabar, vou tranquila, porque vivi de acordo com o que eu acreditei que era correto.


Para quem quiser saber mais sobre o assunto e as possibilidades de participar de alguma forma (em BH, no Brasil e no mundo), indico as seguintes leituras:

Consumo colaborativo - conceito pela wikipedia 
The Hub - Espaco de trabalho compratilhado em BH
Possibilidades de consumo colaborativo no Brasil
Sites de consumo colaborativo no Brasil
Ferramentas para o consumo colaborativo
Site de compra e troca de forma colaborativa no Brasil
Blog sobre o consumo colaborativo no Brasil
Site americano de troca de coisas
Site de venda de livros novos e usados no Brasil
Site de refeições coletivas (voce anuncia seu jantar/almoço e pessoas interessadas vao jantar/almoçar na sua casa, pagando uma taxa que vc estipular)

Fim de tarde de Outono

Engraçado como o clima e o tempo influenciam meu humor. Eu sou do tipo que NUNCA vai conseguir morar em um pais onde nao faça dias de sol ou onde faça frio demais. Certamente sou movida a luz solar (alem de comida, musica e agua, claro!). Ver o sol brilhando de manha me da um super animo de sair e conquistar o mundo! O por do sol tambem me renova, me alimenta.

Agora no fim do dia, estava aqui em casa preparando umas provas pra semana que vem...







... tomando um chazinho novo que comprei pra experimentar...



... e ouvindo um forrozinho de leve, quando olhei o relógio: 18:03! Todo dia neste horário tenho um compromisso super importante: o por do sol na janela da minha casa. 

Quando comprei meu apartamento, comprei também um vale que me da direito a um por do sol mais lindo que o outro. Quando eu acho que Deus se superou, Ele vem e me surpreende de novo. Hoje posso dizer que Ele super caprichou! Foi um dos mais lindos que ja vi aqui de casa ate hoje.

(Fotos tiradas com um celular e sem nenhum filtro) 


Ceu bicolor?!! Algum professor de fisica me explica, por favor?


La linda luna!


 E eh nesta vibe boa que encerro meu dia, pronta pra um longo dia de trabalho amanha.



02 abril 2014

Brahma Kumaris

Tem um site de pensamentos que acompanho que chama Brahma Kumaris. Se voce se cadastra no site, todo dia bem cedinho eles te mandam mensagens reflexivas em seu email. Eu gosto tanto que ja acordo tentando adivinhar o assunto do dia. E geralmente sao coisas que me fazem bem, me fazem refletir... Tem umas que da vontade ate de imprimir e colar bem grande no espelho do banheiro, pra ler toda hora que passar por ali. Algumas sao motivo de debate entre as amigas que também acompanham. rsrs. Por isto hoje resolvi divulgar aqui. Todo mundo a quem recomendei, adorou! Tomara que curtam também! 
A mensagem de hoje: 
Iluminador
"Quanto valor pode ser dado a alguém que é capaz de trazer luz e leveza a um lugar ou momento ao qual outros deixaram apenas sua escuridão? Como uma coroa de jóias brilhantes, a presença e as palavras dessa pessoa são inestimáveis. Pode ser apenas um sorriso gentil de conforto ou uma atitude de interesse genuíno. Aquele que permanece radiante em espírito, enquanto outros tecem sua escuridão, é um iluminado e um iluminador. Fique atento aos momentos em que você pode iluminar. Torne esses momentos significativos!"
Brahma Kumaris

Lastfm, meu novo vicio

Um dos meus passatempos preferidos quando estou "surfando" a toa na internet eh tentar descobrir bandas boas pelo mundo... Sabendo disto, um amigo me recomendou o Lastfm, que um site proprio pra isto (o povo inventa de tudo mesmo, ne?!). Voce digita uma banda e ele te da todas as bandas parecidas (do mundo todo!). Eh um absurdo de legal! Eu amo! Nao ouco radio em casa mais (exceto a "hora dos classicos" da Radio Guarani de 12:30 as 13:30). Voce pode tambem digitar um ritmo e fica tocando infinitamente todas as musicas relacionadas. Por exemplo, digite bossa nova e passara o dia ouvindo de tudo relacionado a bossa nova. Eh muuuuuito bom!

Alem de poder ouvir gratuitamente as musicas online, voce pode tambem saber informacoes detalhadas das bandas, como origem, uma breve historia de como foi criada, seus integrantes, todos os albuns ja vendidos... Pode ver tambem os comentarios das pessoas sobre a banda, a lista das musicas mais ouvidas e quem no mundo tambem esta ouvindo aquela banda naquele exato momento. E voce pode conversar com esta pessoa num chat. 

Inimaginavel de legal! To VICIADA!

Tenho descoberto vaaaaaaarias bandas legais, como estas daqui:

Damien Rice - (about) and (album)

Angus and Julia Stone - (about) and (album)

Enjoy!!!

01 abril 2014

No dia da mentira

Tem coisa melhor que visita inesperada de amigo? Em plena terca chuvosa, voce recebe uma ligação de uma amiga que mora em Itabirito que diz que ta passando pra te dar um beijo atrasado de aniversario. Como em aniversario nao pode faltar comida, torta de arroz na amiga! (que recebeu a foto pelo whatsapp e ficou doida pra provar! rsrs) E foi embora correndo pra fazer pro marido ainda hoje! 

Dia da mentira que nada! O dia hoje foi de alegria, amizades verdadeiras... E celebramos de novo meu aniversario e as pequenas e doces coisas da vida... Salut!


31 março 2014

Torta de arroz

Eu odeio que estrague comida na minha casa. Com muita dificuldade, aprendi a cozinhar pouquinha quantidade, suficiente pra 1 ou 2 refeições pra mim. Tava osso comer o mesmo prato por 1 semana direto. rsrs. Mas tem hora que nao tem jeito.  

Arroz gostoso eh arroz feito na hora, ne? Eu gosto de arroz integral, mas demora muito pra cozinhar. Entao acabo fazendo um pouco a mais mesmo. A verdade eh que ate hoje nao cheguei a conclusão da quantidade ideal de arroz a fazer. Acaba sempre sobrando um pouco.

Por sorte, mami tem uma receita que me salva nestas horas: Torta de arroz. Consiste basicamente em colocar arroz, oleo, ovos e tempero no liqüidificador, fazer um molho a parte, misturar e assar. Uma boa receita para intolerantes a gluten, inclusive. Mas, pra variar, ate esta receita estúpida eu conseguia errar.

Depois de muito insistir, nas ultimas vezes que fiz tenho acertado! E agora tenho conseguido inclusive que ela fique bonita e com cara de apetitosa! 


Atendendo a pedidos, vamos a receita...

Ingredientes para a massa:
- 2 xícaras de arroz (a receita original eh pra arroz branco, mas eu faço com integral e tem dado certo)
- 1 xícara de leite (ha alguns meses eu cismei que to com intolerancia a leite* e entao, hoje testei com iogurte e funcionou!)
- 1/2 xícara de oleo (eu tenho meio preconceito contra oleo, entao sempre coloco um pouco menos do que a receita pede e tem dado certo. rsrs)
- 4 ovos (hoje eu so tinha 2 e, portanto, fiz so com 2 e deu certo! Alguém sabe qual a função do ovo em uma receita?)
- 1 colher de sopa de fermento (solando tantos bolos nesta vida, acabei traumatizando e sempre coloco uma colher bem farta de fermento, pra ver se ele cresce na marra! rsrs)
- Sal e temperos a gosto (eu coloquei oregano, alecrim e um tempero de alho e ervas feito por mami)
- Queijo ralado (acho que a receita original se refere aqueles queijos vendidos ja ralados, tipo parmesão, mas como eu so tinha um queijo canastra do verde mar, foi ele mesmo que eu coloquei ralado e ficou ótimo! rs)

*So a leite puro, ou seja, aos derivados do leite nao, como queijo, iogurte, bolo... rsrs

Ingredientes para o recheio:
- Atum, cebola, milho verde, azeitona, palmito, cogumelos, etc. 

Hoje eu aproveitei pra "desencalhar" tudo que eu tinha em vasilhinhas na minha geladeira. Ou seja: tomate picadinho, cebola, azeitona, milho verde, um restinho de shoyo do cogumelo que fiz semana passada, um restinho de gengibre de um japa que comi uns dias atras, oregano, um azeite que sobrou de um antepasto de abobrinha que comprei no Verde Mar ha alguns dias e pimenta do reino. So coloquei ervas. Nao coloquei sal porque acho que a azeitona ja salga demais!

Modo de Preparo:
- Preparar o recheio a parte no fogão
- Bater todos os ingredientes para a massa no liqüidificador
- Entornar a massa em uma assadeira media e colocar por cima o recheio. 
- Polvilhar o queijo ralado por cima de tudo
- Assar por uns 40 minutos a aproximadamente 200 graus

Observação: A massa batida no liqüidificador fica bem mole, mas depois quando assa ela seca e toma forma de torta. Nao se preocupe!



Detalhe: Eu recomendei a assadeira media porque hoje usei um tabuleiro grande e ela acabou ficando fininha demais. Da próxima vez, farei numa assadeira menor para que ela fique mais farta!



30 março 2014

Meta 90 - Levar um pedaço de bolo pra um vizinho

Minha idéia quando escrevi esta meta era recuperar as pequenas gentilezas, tao comuns antigamente, mas que se perderam no tempo... Acredito que gentileza gera gentileza MESMO. Mais que isto: gentileza ATRAI gentileza. E acredito também que se fossemos mais gentis, menos hostis uns com os outros, nossa rotina seria mais leve, mais alegre, menos desgastante.

Eu amo bolo de banana. Sempre compro uma penca de banana maior do que minha capacidade de come-las antes que estraguem. O objetivo eh "ter que fazer" o bolo de banana para que as bananas nao estraguem. Odeio quando comida estraga na minha casa!

A receita eh da Dona Celeste, sogra da minha irma, que também nao vive mais entre nos. Ja partiu para a outra dimensão do universo. Mas sempre que faço, lembro-me dela e de como ela tinha a mao boa na cozinha!

Eu, ao contrario, era uma negação. Tudo queimava, solava, ficava salgado demais, faltava tempero... Uma tragedia em pessoa! Mas um dia resolvi que iria arriscar ate acertar! Ou seja, nao desistiria de uma receita enquanto ela nao desse certo. A cada erro, fazia uma adaptação ate descobrir o MEU jeito de faze-las. Nao sei se isto existe, mas foi a forma que arrumei de tirar este peso das minhas costas de que eu nao sabia cozinhar. 

Foi também resultado de muita comadreria, pois em nossas conversas pude ver um lado da culinaria que eu nao conhecia. Antigamente, cozinhar pra mim tinha cara de submissão. Nao conseguia associar a um prazer. E depois fui vendo que preparar refeições, nada mais eh do que um ato de amor. Voce vai temperando, cortando, lavando, misturando e abençoando as pessoas queridas que vao partilhar com voce aquele prato. E este amor proteção, amor cuidado, nos mulheres temos de sobra! 

Hoje, cozinhar pra mim nao eh simplesmente fazer comida. Eh ter motivo para reunir os amigos, eh dar a minha casa um cheiro de lar, eh trazer para minha vida de adulta, cheiros e gostos de infancia, eh me permitir ousar nas misturas, gostos, eh sentir que estou contribuindo para que as receitas das gerações anteriores da minha familia perdurem por mais tempo...

Mas voltando ao bolo de banana... No meu aniversario, um grande amigo (e vizinho de bairro) trouxe pra mim de presente uma berinjela em conserva que ele faz e eu amo! Aproveitei a gentileza e resolvi fazer como nos velhos tempos: devolver a vasilha da berinjela com o bolo de banana!

Era uma receita que eu vinha tentando ha tempos e NUNCA dava certo. Sempre acontecia alguma coisa que ele ficava esquisitíssimo! Talvez por ja ter tentado todas as combinações possíveis de ingredientes, ou entao, em funcao da minha intenção tao bacana de levar ao meu amigo um pouco da gentileza que estou me propondo (que eh muito menos da que ele merece), o bolo FINALMENTE DEU CERTO!

Fiquei tao tao tao feliz que, alem de come-lo quase todo (porque eu simplesmente nao acreditava que ele tinha ficado tao gostoso. rsrsrs), resolvi levar também uns pedacinhos pra minha vizinha de porta. Eu a conheco so de oi e tchau. Ela eh uma fofa, mas nao temos intimidade. Coloquei numa vasilhinha "reciclada" do Verde Mar (pra ela nao ter que se preocupar em me devolver) e din-dom... Obvio que morri de vergonha! 9 da noite de uma sexta-feira: "Oi Flavia, boa noite! Me desculpe incomoda-la a esta hora, mas eu so vim trazer pra voces um pedacinho do meu bolo de banana. Espero que gostem!"

Ela ficou tao feliz e surpresa que nao parava de me abraçar! Depois de uns 27 abraços, disse que era o bolo preferido dela. Disse que ha tempos nao comia e que era uma negação na cozinha... Enfim, adorou! Eu vi que daqui um tempo, mais alguns bolos compartilhados e mais alguma intimidade, vamos ter muitos assuntos pra conversar. Porque sinceramente? Negacao na cozinha agora pra mim eh desculpa de peidorreiro! rsrs. 

Bom, minha vergonha foi tanta, que voltei correndo pra casa. Feliz da vida por ter conseguido CUMPRIR A META 90 e, principalmente, arrancar um sorriso (e varios abraços) dos 2. Adorei e pretendo repetir sempre que possível!